Arquivo

Fórum de Cultura do Litoral Norte faz debate na internet sobre "Lei Aldir Blanc"



Postado em: 10/07/2020


O Fórum de Cultura do Litoral Norte convida para o debate sobre a aplicação da Lei Aldir Blanc (Lei 14.017), nomeada em homenagem ao artista que morreu pelo Covid-19. O texto foi sancionado pela Presidência da República no dia 29 de junho, fruto de organização da sociedade civil em resgatar finanças destinadas a cultura que estavam estacionadas no Fundo Nacional de Cultura desde o desmonte do Ministério da Cultura.O debate será neste sábado (11/7), às 10h30, em transmissão simultânea pelo Zoom, Facebook e Youtube.

No Zoom, os 100 primeiros participantes terão acesso direto, seu link estará disponível na página do Facebook, Fórum de Cultura do Litoral Norte e, no canal do Youtube, de mesmo nome. Os convidados são Caio Martinez Pacheco, ator, diretor, produtor e Fundador da Trupe Olho de Rua e da Vila do Teatro em Santos (SP), Camila Marujo, diretora presidente da Fundart (Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba), membro da Câmara Técnica de Arte & Cultura do Codivap (Associação dos municípios do Vale do Paraíba) e André Ravasco, articulador nacional da Lei Aldir Blanc, ator e representante do Fórum do Litoral, Interior e Grande São Paulo (FLIGSP).

Conheça o Fórum

O Fórum é, essencialmente, um processo contínuo e tem como objetivo integrar e articular as ações entre a sociedade civil e o setor público desses municípios para fortalecer o avanço e a consolidação de políticas públicas de Estado que garantam o acesso universal à criação, fruição, produção, defesa da diversidade, do patrimônio material, imaterial e potencialização da economia da Cultura.

Fundado em 17 de setembro de 2017, o Fórum nasce de muita militância e ativismo presentes em encontros que ocorreram anterior a sua fundação, tais como: Encontro de Políticas Públicas de São Sebastião (2015), Encontro sobre Ética em nossos tempos (2016), Reunião de Coletivos do Litoral Norte (2016), Reflexões da Cultura no Litoral Norte (2017), entre outras iniciativas que somam essa trajetória. "A Carta de Caraguá" (https://fligsp.org/carta-aberta-do-x-encontro-do-fligsp-2018-caraguatatuba/) é sua certidão de nascimento, um importante documento que reivindica políticas públicas de Estado para cultura.

*Foto de arquivo: reunião do Fórum de Cultura do Litoral Norte em Ilhabela, antes da declaração da pandemia

 



Últimas Notícias