Caraguá terá Guarda Civil Municipal



Postado em: 20/02/2014


Foto: Gianni D`Angelo/PMC

Prefeito anunciou criação da Guarda Municipal na Câmara, durante sessão de prestação de contas 

Caraguatatuba-20/02/2014 - Caraguatatuba está criando várias frentes para tentar diminuir o número de homicídios na cidade. A Prefeitura vai criar a Guarda Civil Municipal e a Polícia Civil criou um grupo especial para investigar e esclarecer este tipo de crime. Segundo dados da Secretaria Estadual de Segurança Pública, Caraguá registrou 32 homicídios em 2013, enquanto São Sebastião teve 16, Ubatuba 15 e Ilhabela quatro.

Na sessão da Câmara Municipal de prestação de contas, no último dia 11 de fevereiro, o prefeito Antônio Carlos da Silva já havia anunciado a criação da Guarda Municipal, que será armada e equipada. No momento, a prefeitura trabalha na elaboração do edital. Ainda sobre o tema, o prefeito reafirmou que “confio no trabalho da polícia militar e também na tecnologia. Por isso, desejo implantar no município, em parceria com o Governo do Estado, o monitoramento por câmeras".

O prefeito afirmou que a criação da Guarda é uma necessidade a partir do momento que, segundo dados do IBGE, o município atinge o número de 100 mil habitantes. Sobre os números de homicídio, Antônio Carlos considera os dados errados, “pois não leva em consideração a população flutuante da temporada, que chega a triplicar”.

 Já a Polícia Civil criou um grupo especial, com um delegado e três investigadores, para fazer a apuração dos casos de homicídio e agilizar o seu esclarecimento. O delegado responsável pelo grupo e titular do 1º DP de Caraguá, Marcelo Abreu, afirmou que a maioria dos crimes está relacionada ao tráfico de drogas.



Últimas Notícias