Fotos: Radar Litoral

Márcio Tenório entrega mais de R$ 52 mil em equipamentos para o Corpo de Bombeiros em Ilhabela


Postado em: 11/01/2018

O prefeito de Ilhabela, Márcio Tenório, entregou na tarde desta quarta-feira (10) na Praça das Bandeiras, na Vila – centro histórico, os EPI´s - equipamentos de Proteção Individual - para o Corpo de Bombeiros da cidade.

Os equipamentos são extremante importantes para as ações diárias da corporação. Trata-se de um investimento de mais de R$ 50 mil.

"Estes equipamentos aumentarão a segurança dos nossos bombeiros, que muitas vezes são heróis. Eles arriscam a vida em prol do próximo e merecem todo o reconhecimento. Aqui em Ilhabela há ocorrências em lugares de acesso difícil, mas os bombeiros se desdobram para fazer o melhor. Espero que este material ajude ainda mais", declarou o prefeito Márcio Tenório.

O prefeito destacou também outros investimentos feitos em segurança, como a entrega da nova sede do Corpo de Bombeiros, na Barra Velha, e a criação da diretoria especial de segurança.

O comandante do Corpo de Bombeiros em São Sebastião e Ilhabela, tenente André Smidi, agradeceu a atenção do prefeito com os chamados órgãos de emergência.;

Entre os equipamento entregues estão: calças, blusas e capuz, todo material antichamas, botas e cinturão abdominal.

Estiveram presentes à solenidade, a presidente da Câmara, Nanci Peres Zanato, o vereador Gabriel Rocha e o comandante do Corpo de Bombeiros no Litoral Norte, capitão Newton Krüeger, além de vários secretários municipais.

Ação em massa de RCP

Também na quarta-feira, o Corpo de Bombeiros realizou uma ação em massa de RCP (Reanimação Cardiopulmonar).

No Brasil, morrem por dia cerca de 720 pessoas vítimas de ataques do coração. É uma morte a cada um minuto e meio, sendo a maioria por infarto agudo do miocárdio. Esta é a maior causa de morte na população adulta em nosso país. "Fizemos uma conscientização e capacitação da população para que numa emergência esta possa ajudar uma vítima em potencial, até a chegada de socorro profissional. Muitas vezes, a manobra efetuada rapidamente pode salvar vidas", explicou o tenente Smidi.

Medidas simples, como aprender a reconhecer os sintomas, e principalmente, perceber a proximidade de uma parada cardíaca, pedir ajuda ao serviço de emergência e iniciar as compressões torácicas corretamente podem aumentar até quatro vezes as chances de sobrevivência. 



Últimas Notícias